Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Salvador Correia: Pai, Marido, Fotógrafo

Salvador Correia: Pai, Marido, Fotógrafo

E já passaram 2 anos! É o rei dos clichés, mas perdoem-me agora é a minha vez de o dizer: o tempo passa a voar quando somos pais, ainda ontem a vida parecia pouco mais de um dia a dia de trabalho casa, copos e deitar à hora que apetecesse para hoje passar a um dia a dia de trabalho - trabalho em casa - deitar o mais cedo possível porque nunca se sabe o que vai ser a noite a seguir.

E tudo isto é bom, a parte de não dormir não é, eu amo a minha filha mais do que a mim próprio, mas não amo este lado da paternalidade. Ser pai não é andar exausto, não deve ser e não acreditem nisso.

Mas uma coisa é certa também, é que, naquele dia há dois anos atrás, nós nascemos com ela novamente e hoje estamos todos os dias a aprender a ser outro alguém que tem que ser o melhor de si todos os dias, porque agora, já não somos sozinhos.

Hoje falo-vos de uma coisa que podem ter a certeza, caros amigos, que ainda estou a aprender: uma das grandes fatias do que é ser pai, envolve planear festas de aniversário. 

Desta vez, envolveu desde os pais da criança dentro dum Smart com 6 balões (um #2 de 1m50, 4 balões com tema de panda, e um preto que afinal era lilás), a encomendas da net de pacotes especiais de decoração de pandas que não sejam tirados direto do canal panda, até acabar a cozinhar piza caseira em tábuas de bambu do IKEA. (E sim, envolveu ir ao Ikea, muito). E o bolo! Ah! Salvou-nos a Mini Mi com um bolo que tinha tanto de simples e bonito como de delicioso.

A verdade, é que o resultado, foi incrível e minha querida, foi um prazer fazer isto tudo para ti, só para ver a tua expressão a dizert "Paaaaaaaa!!!!!".

Abaixo, algumas fotos que consegui fazer no dia e dia seguinte, à exceção da primeira, que é só ela a ser um bocado dramática demais sobre ir fazer 2 anos.

65734937_2262525980631008_3477755746806923264_o.jp

IMG_6227-01.jpg

IMG_6341-01.jpg

IMG_6271-01.jpg

IMG_6537-01.jpg

IMG_6567-01.jpg

IMG_6577-01.jpg

IMG_6610-01.jpg

IMG_6635-01.jpg

 

07 Jul, 2019

Dourada no forno

Hoje trago-vos uma receita Pingo Doce, que para quem como eu, foge a 7 pés de cozinhar peixe com medo de ora o deixar seco demais, ora mal cozinhado, é uma execelente maneira de se iniciarem na cozinha com esta proteína.

Tudo o que que precisam é de 2 douradas (peçam para as arranjarem na peixaria que assim é só chegar a casa e lavar), 1 limão, 1 pepino, azeite a gosto, sal e pimenta. Para o acompanhamento, bróculos frescos (toda a gente adora cá em casa!) com cogumelos, tudo salteado. Sei que a receita original que vou partilhar mais abaixo adiciona uma série de outras coisas, mas como todos os chefes dizem, vamos manter isto o mais simples possível.

A preparação: Comecem por fazer um rasgo ou dois na diagonal nas douradas, de seguida esfreguem-nas com sal por dentro e por fora. De seguida, cortem o limão e o pepino em rodelas bem finas, introduzam 1 a 2 rodelas de limão e outras tantas de pepino na barriga das douradas. Espalhem as restantes rodelas de limão e de pepino sobre uma assadeira no forno, coloquem as douradas por cima e de seguida é só regar com azeite, se gostarem, povilhar com tomilho pode resultar para vocês. 


Agora é só levar ao forno por 25 minutos e já está! Agora só resta sentar e comer este prato saudável e que, meus amigos, não tem que enganar.

Aqui a receita principal: Dourada no forno Pingo Doce